quinta-feira, 6 de junho de 2013

CALOURADA DA AGRONOMIA




Vocês não vão perder né?!


Nossa sensacional e imperdível Calourada da Agronomia, acontecerá no dia 6 de julho (06/07/2013) no Acarape Club

  • - Onde contaremos, com a presença de 3 (três) Dj's Internacionais;
  • - 2 horas de Open bar ;
  • - Ingressos limitados vendidos por lotes, a partir de R$20,00 .
  • - Vendas de ingressos a partir do dia 10/06.
  • - Atração surpresa !
  • - Área VIP R$50,00

Informações
Coordenação de Eventos, Cultura e Integração Estudantil - (85) 99788303
Coordenação de Comunicação - (85) 98122689
Coordenação Geral - (85) 97488045
- Diretório Acadêmico de Agronomia

Apoio:
- PREFEITURA MUNICIPAL DE ACARAPE


Realização:Coordenação de Eventos, Cultura e Integração Estudantil.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Calendário de matrículas- Agronomia 2011.1 e 2011.2


Segue calendário de matricula do curso de Agronomia para o trimestre 2012-1:

  • Dia 27/02/2012 ( 8:30 as 11:30 e 14:00 as 17:00) - Turma 2011.1 (entrada em 25 de maio de 2011)
  • Dia 28/02/2012 ( 8:30 as 11:30 e 14:00 as 17:00) - Turma 2011.2 (entrada em 25 de agosto de 2011)
Inicio do trimestre letivo: 05 de março de 2012

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Para consolidar e socializar conquistas estudantes se reúnem mais uma vez na tarde do dia 13



Para consolidar as conquistas e socializar os resultados da I Assembleia dos Estudantes da UNILAB, os mesmos se reúnem na tarde desta terça-feira [14] às 13 h no anfiteatro da universidade e convidam a todos os interessados a participaram, repetindo o sucesso do primeiro encontro que superou as expectativas e tomou caráter histórico, também pela organização. Na pauta da assembleia três assuntos direcionaram as discussões: Assistência médica, odontológica e oftalmológica; Mobília para os estudantes residentes em Redenção assistidos pela CAE e revisão do valor do auxílio moradia que atualmente é de R$ 335,00.

Entre técnicos, professores e pró-reitores, também esteve presente na assembleia o magnífico reitor Paulo Speller que na tarde do mesmo dia se reuniu com o grupo de alunos representantes. Na ocasião foram formadas comissões (Saúde, Infraestrutura, mobília e recepção dos novos estudantes) que trabalharão junto à administração na busca e aplicação das soluções para os problemas levantados.   

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Em assembleia estudantes de agronomia aprovam seu estatuto e elegem seu diretório acadêmico


Na tarde desta terça-feira (31) reuniram-se em assembleia histórica os alunos das duas turmas de Agronomia da UNILAB.  O evento aconteceu no anfiteatro da universidade e contou com a participação do Coordenador de Assuntos Estudantis Lourenço Ocuni Cá, Adelmária Ione representando os servidores e técnicos da instituição, Leonardo coordenador em exercício do curso de Agronomia, Veríssimo representando a PROGRAD, Faustino e Jerry representando respectivamente os alunos de Administração e Enfermagem, John coordenador em exercício do curso de Engenharia  e Stela da PROPPGE. Também esteve presente o magnífico reitor Paulo Speller.
O professor Lourenço abriu as atividades da mesa sendo o primeiro a se pronunciar, em sua fala afirmou que professor também aprende com aluno, ressaltando a importância da participação discente no andamento das atividades da universidade. Em seguida Leonardo relembrou o caráter histórico do evento e a força dos estudantes.  Faustino e Jerry falaram da união necessária para o fortalecimento dos estudantes dentro da instituição. John animou os alunos falando das conquistas de seu tempo de estudante.  Veríssimo por sua vez lamentou e justificou a ausência da professora Jackeline Freire e destacou a responsabilidade do compromisso assumido na assembleia de ocupar os espaços conquistados pelas lutas históricas. Stela também recordou a importância do momento, qualificando- o como extremamente “auspicioso” e levantou alguns problemas que podem ser vivenciados: A falta de visão do coletivo, o individualismo e falta de posicionamento político.  A professora encerrou sua fala chamando os estudantes a trabalharem junto à administração na construção da UNILAB.
A arquivista Ione relatou sua história dentro do movimento estudantil animando os estudantes presentes a se envolverem neste processo de construção, sendo esta uma oportunidade única. “Que universidade queremos deixar para as gerações futuras?” Com este questionamento Ione afirmou que a UNILAB de daqui a 10 anos será a universidade que nós ajudamos ou não a construir. A servidora também relatou a elevação do nível na avaliação do curso de Arquivologia em que era aluna e militante estudantil e convocou os alunos a serem atores neste processo e não apenas consumidores. 
O magnífico reitor disse ser extremamente importante que o movimento estudantil se organize e pôs a reitoria a disposição. Também convocou o corpo discente a se fazer presente na vida da universidade, por fim parabenizou a turma pelo pioneirismo.
A assembleia prosseguiu com a leitura, discussão e aprovação do estatuto e votação do Diretório Acadêmico. Foram eleitos para o exercício 2012/13:  
Coordenadoria Geral: Joana D’arc da Silva Feitosa e Ednângelo Duarte Pereira
Coordenadoria de Secretariado: Francisco Adelino de Assis Araújo Lucena, Maria Vanessa de Sousa Silva e Ana Késya Bernardo Lima
Coordenadoria de Finanças e Patrimônio: Sergiane Beatriz da Silva Mesquita e Alex Antônio Silva de Melo
Coordenadoria de Comunicação: José Wilson Nascimento de Souza
Coordenadoria de Cultura, Eventos e Integração Estudantil: Francisco Hylanderson de Souza e Maria Eliene da Silva Campelo
Coordenadoria de Extensão: Valdecio dos Santos Rodrigues e Edeliude do Nascimento Silva
Coordenadoria de Assistência Estudantil: Francisco Erlon Ferreira da Silva, José Danisio da Silva Vieira e Alana Rodrigues Bernardo
Coordenadoria de Formação Política e Movimentos Sociais: Vanderson de Araújo Silva e Mauro Lúcio da Silva Andrade Junior
Coordenadoria de Ensino e Pesquisa: Eronizio Teixeira e Manoel Pereira da Silva Neto

PS: Veja mais no portal da UNILAB - Estudantes de Agronomia elegem primeiro diretório acadêmico do curso

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLEIA GERAL DOS ESTUDANTES DO CURSO DE AGRONOMIA - UNILAB Nº 01/2012 COMISSÃO ELEITORAL


A Comissão Eleitoral, abaixo indicada criada em reunião do colegiado representativo dos Estudantes do Curso de Bacharelado em Agronomia da UNILAB no dia 11 de janeiro de 2012, CONVOCA a todos os seus sócios, para participarem da Assembleia Geral com a seguinte Pauta: Fundação de sua agremiação Acadêmica, eleição de sua Diretoria executiva e Conselho Fiscal, dando-lhes ciência dos seguintes dados:

I – Data da Assembleia Geral de Fundação de sua Agremiação Acadêmica, Eleição da Diretoria Executiva e Conselho Fiscal: 31 de Janeiro de 2012.
II – Local da Assembleia, Eleição e Posse: Anfiteatro da UNILAB.
III – Horário: 13h: 30min – horário local.
IV – Cargo em disputa: Diretoria Executiva e Conselho Fiscal.
V – O prazo, horário, local e forma para inscrição: As Inscrições poderão ser efetuadas a partir da data de publicação deste edital ate as 13h:00min do dia 31 de janeiro com qualquer membro da Comissão Fiscal. Ambas mediante preenchimento da ficha de Inscrição, anexando os seguintes documentos: Slogan de Campanha – Contendo uma frase criativa que denote os objetivos pretendidos pelos integrantes da mesma; Nome e Cargo pretendido pelo acadêmico, O Número mínimo de 06 (seis) Integrantes constando a assinatura de 100% (Cem Por Cento) dos Integrantes.
VII - Locais de registros de candidaturas: UNILAB campus da Liberdade.
VIII – Período de realização de campanha eleitoral: entre os dias 23 à 31 de janeiro.
IX  – O Calendário Eleitoral,  encontra-se a disposição para consulta dos interessados na internet, no portal – http://agronomiaunilab.blogspot.com/


Francisco Dálber da Silva
Presidente da Comissão Eleitoral


Jose Paulo de Sousa Filho
Vice-presidente da Comissão Eleitoral.

Keila Ferreira da Silva
Secretaria Executiva


Michele Holanda de Almeida
Vice-Secretária Executiva   

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Acolhimento dos novos estudantes Agronomia 2011.2


Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira
25 de agosto de 2011

As respostas de nível médio precisam dar espaços às perguntas de nível superior, essa é a primeira verdade a ser assumida hoje.
Os pensadores estão morrendo. Os estudantes estão se tornando, em sua grande maioria, do fundamental à universidade, uma massa de repetidores de informações e não de pensadores que amam a arte da crítica e da dúvida. [...] Temos informações que nenhuma geração jamais teve, mas não sabemos como transformar a informação em conhecimento e o conhecimento em experiência. (Augusto Cury)
Repetidor de informação é isso que se forma no Brasil. Um dia te disseram que os portugueses descobriram estas terras e você acreditou, mesmo quando eles também disseram que aqui já havia índio. Não te ensinaram a criticar e por isso você nunca questionou o jeito torto de te ensinarem as coisas, o jeito europeu de contar a história. Eles te dizem o que querem que você acredite, e você acredita. Acredita, aceita e repete os conteúdos inquestionáveis depositado em maquininhas que chamam de aluno.   
Eu descobri o quanto essas informações estão ultrapassadas, e não as aceito mais antes de “observar, registrar, classificar, comparar e verificar”. Não me conformo mais com as respostas superficiais sobre o que é isto ou aquilo, descobri o quanto são pobres para mim as definições dos outros sobre o mundo. O abacaxi deixou de ser simplesmente um abacaxi. Os conceitos mais lógicos não são tão lógicos até que nós realmente acreditemos nisso. Concorda que quando a gente cresce não é tão fácil acreditar nas coisas que simplesmente nos dizem? Isto por que criticar é próprio dos crescidos.  Estejam certos, eu cresci.
Você constrói o que você acredita, a sua observação será sempre particular, portanto vomite os conceitos universais sobre um mundo que você, mesmo que ainda não tenha percebido, observa diferente. Vomite para construir os seus conceitos “universais” ou simplesmente para confirmar os conceitos pregados, os homens precisam da sua rica contribuição. Questione. Sua vida não encontrará sentido nas respostas, mas nas perguntas, estas são suas, talvez a única coisa que realmente seja sua. Se orgulhe das perguntas, o mundo mudou quando alguém, incomodado com uma, quis saber o que leva a maçã a cair do pé em sua cabeça. Quer um exemplo de como as respostas são mesquinhas? Você aprendeu na escola que o homem não voa, e com certeza isso também foi dito a Santos Dumont. Lembra quando te disseram que uma aula de Filosofia numa turma de agronomia é insuportável, que nada pode ser feito para torna-la mais dinâmica, e que mesmo assim poucos vão aprender? Pois bem, talvez disseram isso ao Ronie também. O impossível existe, mas só até você começar a duvidar dele. Duvide. Liberte-se do cativeiro que é as respostas em torno da sua capacidade. Questione os conceitos universais a razão é, pasmem, deficiente.
Contradizendo minhas palavras (ou não) os “homens de pergunta” ao longo da história estão respondendo mais que os depósitos de respostas inquestionáveis. Apresentem-me os frutos de todas as respostas, e surpreendam-se ao compara-los com os frutos de todas as perguntas. A ciência das respostas é o jeito manco de fazer ciência. O homem que só se serve delas (das respostas) talvez não viva, vegete. 
Por que o barro? Ou a maçã? Ou ainda a coroa? Primeiro para que você pergunte, depois de tudo que a pergunta nos levou a aprender a gente encontra um sentido, já talvez desnecessário, para estas coisas.
Mas se prepare, perguntar, criticar, revolucionar, fazer diferente, cativar e ainda cumprir sua tarefa com grandeza não é para qualquer um, espere pedras, elas com certeza virão. Mas orgulhem-se os grandes não atiram pedras nos pequenos, eles preferem reserva-las aos bons por que estes são poucos e superiores independente do título e do poder que lhes atribuem. 
Ocorreu um erro neste gadget